OTTO NELSON

Escrito por  Pastor José de Oliveira Mai 09, 2018

 

OTTO NELSON (1891-1982)

 

Pioneiro das Assembleias de Deus no Brasil. Nasceu na Suécia em Pjätteeryds, em 11 de agosto de 1891. Em 21 de agosto de 1915 chegou à Maceió com a família.

Quando tinha 18 anos, em 1910, imigrou para os Estados Unidos por razões de trabalho. Passou pela Inglaterra, e depois chegou a Boston. Lá, decidiu-se para Cristo e recebeu o batismo no Espirito Santo. Conheceu a sueca Andina Petterson, que imigrara para os EUA em 1907, e casaram-se em 1912. Frequentavam uma igreja pentecostal em Chicago antes de partirem para Belém do Pará em 25 de outubro de 1914, onde começaram a obra missionária.

Otto Nelson fez missões nos Estados de Alagoas, Bahia e Rio de Janeiro. Ele chegou com a família em Maceió em 21 de agosto de 1915, quando havia apenas seis pessoas que tinham recebido a mensagem pentecostal na cidade. No dia 25 do mesmo mês, quatro dias após sua chagada, reuniu-se com aqueles crentes para o culto, ocasião em que três deles foram batizados no Espirito Santo. Porém, da mesma forma que começaram a se manifestar as bênçãos de Deus entre o pequeno grupo, as perseguições e ameaças também tiveram seu início. Satanás tentou desencorajar o povo de Deus em Maceió. Porém, quando as ameaças não atemorizavam, falsos profetas com mensagens desanimadoras apresentaram-se. Quando o povo estava reunido para adorar a Deus, os falsos profetas, do lado de fora, gritavam: “Não vai, não vai, isso não vai”. Queriam dizer que o trabalho ali não prosperaria.

   Durante alguns anos, ninguém queria se aproximar dos crentes. Muitos os evitavam. Enquanto isso, os crentes aproximavam-se de todos e, com graça e amor, semeavam as Boas Novas. Em 22 de outubro de 1922, Otto Nelson inaugurou o terceiro templo da AD no Brasil e o maior da denominação, na época. Sua inauguração repercutiu em todo o Nordeste e atraiu para Maceió crentes de vários Estados. De 21 a 28 de outubro de 1923, ele realizou a primeira Convenção da AD em Alagoas, com a presença de irmãos e líderes de todo o país. Por esse tempo, morreu um dos filhos do missionário, que naquela época residia no bairro de Bebedouro, em Maceió.

   Na hora de realizarem o enterro, foram surpreendidos com a informação de que o padre não permitia que a criança fosse sepultada no cemitério local. Além de se opor ao enterro, levantou a população contra os pregadores do Evangelho. Foi necessária a intervenção das autoridades, para que o enterro fosse realizado. E isto só pôde acontecer à noite, sob escolta policial, pois de outra forma não poderiam enterrar o menino.

   Em 1924, quando toda a capital alagoana foi castigada por uma tremenda inundação que arrasou e arrastou, na correnteza, residências, pessoas, animais e móveis, Otto Nelson abriu suas portas para abrigar os crentes que perderam suas casas.

   Em maio de 1930, o missionário entregou o pastorado da igreja a Algot Svenson e viajou para a Bahia. Lá, não foi diferente de Alagoas, pois surgiram muitas dificuldades, mas cumpria-se o salmo 126. 5,6. O trabalho estendeu-se para o interior do Estado, e também socorreu as necessidades do Estado de Sergipe. Em 1936, a igreja já estava em condições de promover sua primeira convenção estadual, que aconteceu nos dias 27 de abril a 03 de maio.

   Em 1938, Otto Nelson viajou para Buenos Aires, Argentina, ao bairro de Flores, onde assumiu uma igreja. Em 18 de setembro de 1945, assumiu o pastorado da AD em São Cristóvão, Rio de Janeiro/RJ, e foi sucedido em 1947 pelo missionário Nels Nelson. Tempos depois, foi a Montevideo, Uruguai, dar continuidade à obra de Deus ali.  Foi neste último país que dedicou boa parte de seu labor no fim de sua carreira missionária.

   Ao retornar à Suécia, apesar de sua longa idade, gozava de perfeita saúde e, em pleno vigor, continuava a pregar a Palavra de Deus, viajando por todo o país. Otto Nelson faleceu em 05 de dezembro de 1982, aos 91 anos de idade. O casal teve três filhas: Lydia, Ester e Ruth (esta se tornou esposa do jovem missionário Heberth Nordlund).

 

Fonte: Dicionário do Movimento Pentecostal – CPAD.

 

Pr. José de Oliveira - Departamento de Pesquisas

Última modificação em Segunda, 04 Junho 2018 07:28

1 Comentário

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

  1. Popular
  2. Comentários